Filmes românticos com a temática LGBTQIA+ para se assistir no Dia dos Namorados

Por: Diego Balieiro

O dia dos namorados está chegando e você está sem ideia para o que assistir com o seu amor? Calma que já iremos resolver isso, aqui está uma lista de filmes melosos com temática LGBTQIA+ para se assistir com a pessoa amada, cata a pipoquinha e vamos lá.

Hoje Eu Quero Voltar Sozinho

Começarei esta lista com um filme que se tornou clássico no cinema nacional. Se você ainda não assistiu, ele precisa ser o primeiro da sua lista. Hoje Eu Quero Voltar Sozinho conta a história de Leonardo, um adolescente cego, em processo de autoconhecimento. Com a chegada de Gabriel na cidade, os dois criam laços muito fortes de companheirismo que desperta Leo a descobrir sua personalidade e sexualidade.

O filme é bem aclamado pela crítica e quase entrou na lista de indicados ao Oscar em Filme Estrangeiro. Se você já assistiu, aproveito para indicar a série Special da Netflix sobre um homem gay com paralisia cerebral e que segue uma linha bem parecida com o filme.

Onde assistir: Netflix

Com Amor, Simon

Simon pergunta: “Por que LGBTs precisam se assumir e o normal é ser hétero?”. É com essa premissa que o jovem encara as dificuldades em revelar sua sexualidade. Com uma história que te faz lembrar dos tempos do MSN, Simon conversa com um colega anônimo do seu colégio pela internet, por quem cria sentimentos enquanto busca descobrir a verdadeira identidade do outro estudante.

É um perfeito filme adolescente que tanto faltou para as gerações LGBTs anteriores que não encontravam representatividade nas telas. O filme gerou a série Love, Victor.

Onde assistir: Star+

Música para Morrer de Amor

No mesmo ano, o diretor Rafael Gomes entregou mais uma bela obra para o cinema nacional. Na história, Ricardo e Isabela são grandes amigos que acabam se afastando após uma briga. Os dois enfrentam desafios em seus relacionamentos e acabam ficando solteiros. Felipe surge na vida dos dois e provoca sentimentos que entrelaçam os três de uma maneira quase trágica.

Se você é daqueles que acham que viver apaixonado é um estado de espírito, certamente vai se reconhecer nas desilusões que o filme apresenta. A personagem Maia, de Bella Camero, enriquece as visões do filme com uma história coadjuvante que a gente queria ver mais.

Onde assistir: GloboPlay/Telecine

Laurence Anyways

Trata-se de uma mulher transgênero de 30 anos que tenta salvar o relacionamento com sua noiva após revelar que vai passar por uma transição. O filme se estende por um período de 10 anos enquanto acompanhamos a vida e o amor de Lawrence. Esse é um filme com cenas deslumbrantes – narrado de forma bela e crua.

Onde assistir: Prime Video

Orgulho e Esperança

No ano de 1984, durante o período de Margaret Tatcher no poder, os mineiros decidem entrar em greve. Um grupo de ativistas da comunidade LGBTQIA+ começam a trabalhar para arrecadar dinheiro para a família desses trabalhadores. O problema é que a União Nacional dos Mineiros parece um pouco constrangida em receber essa ajuda. Mesmo assim, os ativistas não desanimam e se mostram dispostos a vencer preconceitos para poder ajudar essas pessoas.

Onde assistir: Apple TV

A Festa de Formatura

Adaptação do musical da Broadway chamado The Prom, A Festa de Formatura conta a história de uma jovem adolescente que deseja levar a sua namorada para o baile de fim de ano. Quando a festa é cancelada, Emma revela a situação através das redes sociais e acaba chamando a atenção de um grupo de atores da Broadway em declínio. Eles decidem ir até a pequena cidade para mudar a ideia dos conservadores do local e ajudar Emma a conquistar o sonho da festa de formatura perfeita.

Onde assistir: Netflix

Bônus (Series)

Heartstopper

Baseada nos quadrinhos publicados na internet e que, posteriormente, se tornaram uma série de livros pela autora Alice Oseman, Heartstopper nos apresenta o romance vivido pelos jovens Charlie Spring e Nick Nelson. Charlie (Joe Locke) é um aluno muito dedicado, mas que tem sofrido bullying na escola de forma constante desde que se assumiu gay, o que resultou em uma personalidade bastante acanhada e insegura nos últimos tempos. Já Nick (Kit Connor), é super popular e querido por ser um excelente jogador de rugby. Quando os dois começam a sentar próximos todas as manhãs, eles desenvolvem uma amizade intensa e imprevisível, se aproximando mais a cada dia. Charlie logo percebe o que está sentindo por Nick, apesar de entender que se apaixonar por um amigo, ainda mais hétero, pode acabar sendo uma grande furada. No entanto, Nick também está em dúvida sobre como se sente a respeito de Charlie. Quem sabe talvez os dois garotos estejam prestes a descobrir que o amor pode funcionar de maneiras incríveis e surpreendentes.

Onde assistir: Netflix

Dickinson

Emily Dickinson, que nasceu em 1830 e é considerada uma das maiores e mais originais poetas norte-americanas de todos os tempos.

A comédia será uma série de época, ambientada durante os anos de vida da artista, mas com uma sensibilidade e tom modernos. Levará os espectadores para o mundo de Emily, audaciosamente explorando as restrições da sociedade, gênero e família da perspectiva de um escritor de brotamento que não se encaixa em seu próprio tempo através de seu ponto de vista imaginativo.

Onde assistir: Apple Tv

Espero que tenham gostado dessas dicas, feliz dia dos namorados a todos!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.