CTMac iniciou a campanha para conscientizar jovens condutores para os perigos no trânsito

A ação iniciou nas ruas da cidade com blize educativas e seguirá para as escolas

Por: Diego Balieiro

“Minha escolha faz toda a diferença no trânsito!” Este é o tema da campanha da Prefeitura de Macapá que iniciou na tarde desta sexta-feira (1) com blitz educativa na praça do côco objetivando a importância de dirigir sem o efeito do álcool, o uso do celular no volante, ultrapassar os limites de velocidade, dirigir sem a carteira de habilitação  e a falta do cinto de segurança dos jovens condutores. A ação irá prosseguir até 13 de abril em ruas e escolas da capital.

O projeto faz parte das atividades desenvolvidas pela Companhia de Trânsito e Transporte de Macapá (CTMac), em parceria com o grupamento de trânsito da Guarda Civil Municipal de Macapá (GCMM), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual (BPRE) e Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTRAN).

Segundo o levantamento do Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTRAN), só e, 2021 foram registrados na capital 1.888 acidentes de trânsito, entre eles foram 272 motoristas autuados por dirigir sob efeito de álcool, 112 pela falta do cinto de segurança e 82 pelo uso do celular quando dirigia.

Para a jovem Ana Carla Martins da Silva, de 20 anos, que estava passando pelo local alerta os condutores “acho super importante essa ação, porque qualquer distração no trânsito pode causar a morte de alguém, quer mexer no celular? Pare o carro, quer beber? vá de aplicativo de carro”.

Vale ressaltar que o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) determina o limite zero para o consumo de bebida alcoólica pelos motoristas e impõe uma penalidade severa para quem infringir esta regra. Segundo o art. 165 do CTB, se o motorista for pego dirigindo sob efeito de álcool, será penalizado com uma multa de R$ 2.934,70 e será suspenso o direito de dirigir por 12 meses.

Já se for pego dirigindo sem a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) será multado no valor de R$ 880,41, se não respeitar os limites de velocidade a multa chega no valor de R$ 130,16, se for flagrado dirigindo manuseando o celular a multa é no valor de R$ 293,47, dirigir sem cinto de segurança multa de R$ 195,23 e aos motoristas de moto, se forem flagrados conduzindo o veículo sem o uso do capacete, receberá uma multa de R$ 293,47. Respeite as normas de trânsito e valorize a sua vida.

Wellison Luís Santos da Silva de 41 anos é servidor público e tem um filho de 24 anos que já possui CNH e como pai se sente mais seguro vendo esse trabalho sendo feito nas ruas da cidade “é um trabalho que busca resultado positivos, evitar que os jovens se encaminhem para a prática de infrações que muitos adultos cometem, mesmo consciente da proibição”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.